16/03/2021 às 17h23min - Atualizada em 16/03/2021 às 17h23min

Vinho Verde, o que que é isto?

Vinho Verde é o nome de uma Região ao norte de Portugal, mas que é verde só no nome, e que define um tipo particular de vinhos e, as explicações para o nome e para o vinho são diversas, vamos a elas de maneira mais simplificada

Nilson Cesar - Papo Sabor
Vinho Azul não é Vinho é uma coisa tingida com outra coisa qualquer, só para lembrar...
 
Vinho Verde é uma Digital de Sabor, que é o que muitas Denominações de Origem buscam incessante, de modo a serem lembradas pela originalidade que conquistam e que definem um sabor, um estilo.
 
Um exemplo de extremo sucesso, e que praticamente todos conhecem, é a Região da Champanhe e seu espumante, sim CHAMPAGNE é o vinho espumante produzido nesta região e que leva seu nome desde que siga as regras estabelecidas para tal, como: tipo de uvas, quantidade produzida por hectare, etc. e tal.
 
Existem mundo afora milhares de Denominações, que dentro de uma limitação geográfica; um espaço delimitado sobre um solo e sob um clima, reúnem e fundem no líquido obtido parte de sua cultura, de sua história, de sua arte e religião. Algo como um passaporte para o sabor.
 
A Região Portuguesa do Vinho Verde conquistou o mundo com seu estilo refrescante de vinhos de preço mais acessíveis e populares, fáceis de beber e de ter como companhia em dias quentes, na beira da piscina ou na praia.
 
São obtidos de uvas maduras e não de uvas verdes, mas que tem no ponto de maturação específico a sua digital de sabor, onde agulhas provocadas por um gás carbônico residual são a sua grande marca registrada.
 
Dizem que, centenas de anos atrás, em uma época de escassez de alimentos a região foi utilizada para produzi-los e, as parreiras, tendo de dar lugar no terreno a estes acabaram sendo plantadas junto a árvores pelas quais subiam por suas copas para ali produzirem seus cachos, ocorre que alguns ficavam nas partes mais externas das árvores onde pegavam mais sol e maturavam bem, outras ficavam na parte interna das copas e, com menos sol, amadureciam menos dando origem ao nome vinho verde.
 
Temos Vinho Verde Branco, Vinho Verde Rose, Vinho Verde Tinto, Espumante e de colheita tardia, em todas as faixas de preço, desde os mais alegres e populares, secos e meio secos até os com potencial de guarda, onde as uvas Loureiro e Alvarinho surpreendem, alguns com passagem por barricas de Carvalho e que impressionam, ficando com altas posições nos melhores vinhos brancos de Portugal.
 
Dias atrás provei um tinto da casta Vinhão (uva que dá origem a alguns dos tintos da Região) e que me impressionou, uma delícia.
 
Bastante populares por lá também são os Vinho Verde Espumante Tinto que fazem bom para acompanhando uma boa feijoada

Foto: divulgação 
 .
Onde encontrar:  Armazém Conceição aqui na Lagoa em Florianópolis tem, além de outras cores e Regiões, uma boa diversidade de Vinho Verde com destaque ao Vale dos Ares Alvarinho, de importação própria e que é um dos destaques em Portugal. 


Por: Nilson Cesar.
 
Link
Tags »
Leia Também »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp