25/02/2022 às 13h08min - Atualizada em 25/02/2022 às 13h08min

Destilaria de SC ensina como usar vodka nas receitas e harmonizar a bebida com diversos pratos

Se na prateleira dos bartenders ela se mostra como a queridinha dos drinks, é na cozinha, no preparo de receitas ou harmonizando com pratos e sobremesas, que ela prova toda sua versatilidade

- Papo Sabor
Noticia expressa
Foto:divulgaçao


Foi no ano de 1893, na Rússia, que o cientista Dmitri Ivanovich Mendeleiev resolveu misturar água e álcool em diferentes proporções e, após um ano de estudos, chegou ao equilíbrio desejado: 40% de álcool e 60% de água. Depois disso a bebida incolor, de sabor característico e com teor alcoólico entre 35 e 60% foi conquistando outras regiões pelo mundo, inclusive o Brasil. Hoje a vodka é utilizada na produção de drinks e de pratos culinários, além de ser uma ótima opção para acompanhar algumas receitas. “Na maioria das vezes, a vodka é utilizada para cozinhar a carne e agregar sabor”, explica Gabriel Saragó, bartender parceiro da destilaria Kalvelage.

A prática de se utilizar bebidas alcoólicas na culinária visa transferir para os alimentos o sabor dos ingredientes utilizados na fabricação da bebida, uma vez que todo o álcool é evaporado durante o cozimento. Mesmo assim, é importante ficar atento à quantidade ideal no momento do preparo de modo a não perder a mão e desandar o prato. “A quantidade ideal de vodka na receita varia muito, pois depende do prato que está sendo elaborado, então, na hora de marinar uma carne, ela precisa ficar submersa no líquido, mas se o objetivo for flambar ou preparar um molho, um cálice já é o suficiente”, afirma Saragó.

Assim como os fermentados utilizados em processos culinários, como o vinho ou a cerveja, os destilados imprimem personalidades marcantes na elaboração de pratos devido às características sensoriais deixadas pelos ingredientes utilizados em suas fabricações: “O álcool não é o responsável por criar características sensoriais no prato, quem faz isso são os componentes flavorizantes e voláteis que são formados nos processos de fermentação alcoólica e envelhecimento”, diz o bartender. Para conseguir um resultado refinado e em perfeita harmonia com os ingredientes, é importante ficar atento, pois todo o álcool precisa ser evaporado da panela.

Muitas técnicas usadas durante o preparo de um prato costumam ser um atrativo capaz de transformar uma simples receita em um verdadeiro ato performático, como é o caso de “colocar fogo” na comida, o famoso flambar. Apesar de ser um método bastante utilizado por diversos chefs de cozinha, é preciso ficar atento (a) e ter cuidado na hora de executá-lo. “Além da versão clássica de despejar a vodka direto na chama, é possível colocá-la em uma concha, atear fogo nela e ir despejando todo o líquido em chamas na panela, um método até mais seguro”, reforça Saragó.

Mas a vodka não combina apenas com receitas culinárias, é possível harmonizá-la como drinks em diversos pratos:

 

Salmão
Para quem gosta de proteínas com teor de gordura baixo, as aves e os peixes são opções ideais. O salmão combina bastante com vodka, seja ela pura ou em forma de drinks elaborados.

Foto:divulgação
 


Caviar
Conhecido como uma iguaria de luxo, consistindo em ovas de esturjão não-fertilizadas e sem qualquer tipo de aditivo, corante ou preservante, o caviar é servido com frequência em festas e eventos. E como toda festa boa tem bebida, na hora de escolher o drink prefira algo produzido com vodka, que combina muito bem com essa iguaria.

Foto:divulgação

 

Feijoada
Outro prato que harmoniza com vodka, e é bastante popular no Brasil, é a feijoada. O álcool da vodka, o dulçor do açúcar e a acidez e refrescância do limão fazem com que a feijoada fique ainda mais saborosa, além de ajudar a digerir a gordura do prato.

Foto:divulgação


Amêndoas
Na hora de saborear um drink, confraternizar com os amigos ou com a família, os petiscos são uma ótima opção. Práticos e fáceis de serem encontradas, as amêndoas são uma ótima combinação com vodka

Foto:divulgação


 Legumes e frutas em conserva
O hábito de comer legumes e frutas em conserva junto com vodka surgiu na Rússia. Pepinos e tomates são bastante populares no país, e quando eles são fermentados e salgados em barris de carvalho, ficam ainda mais saborosos.
Foto:divulgação



Linguiça
Popularmente conhecido como o drink da canequinha que leva uma espuma no topo, o Moscow Mule harmoniza bem com linguiças. O drink refrescante, que leva suco de limão, refrigerante (ou xarope) de gengibre, bitter aromático e vodka é a opção mais indicada na hora de saborear esta iguaria.
Foto:divulgação

 

Sobre a Kalvelage

Saiba mais em http://www.kalvelagedistillery.com/

 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp