27/01/2021 às 08h26min - Atualizada em 27/01/2021 às 08h26min

Festival surge em SC para fomentar mercado e cultura do lúpulo no Brasil

A divulgação do conhecimento é fundamental para o crescimento de qualquer setor. Será a partir desse pensamento que o segmento cervejeiro terá, entre os dias 13 e 15 de fevereiro, o 1.º Festival da Colheita do Lúpulo, em Curitibanos (SC).

- Papo Sabor
Guia da Cerveja
Foto: divulgação


A organização do evento é liderada pelo engenheiro agrônomo Rodrigo Baierle, da Lúpulos 1090.

     Com uma ampla programação, o festival contará com um workshop sobre produção, beneficiamento e mercado de lúpulo, visitação a plantação de lúpulo, colheita e brassagem coletiva com lúpulo fresco, trilha, música ao vivo e uma confraternização entre os participantes.

“O objetivo do festival é fomentar o mercado e a cultura do lúpulo brasileiro, difundir os conhecimentos necessários para que lúpulo seja cultivado com sucesso reunindo profissionais de renome nacional no workshop, e assim mostrar que é possível o Brasil ser um grande produtor de lúpulo”, comenta Baierle, considerado um dos pioneiros na retomada do cultivo do lúpulo no Brasil.

O festival sobre o lúpulo conta ainda com a organização de Romualdo Petters Pietrovski, da Lothbrok Cervejaria, que vai fornecer chopes de vários estilos ao evento. As atividades vão ser realizadas em uma fazenda e no hotel Green Fall Skate Park.

O evento também vai oferecer atrações gastronômicas aos participantes, como um costelão de chão, além de ovelha, parrilla e acompanhamentos. Já o café, almoço, lanche e jantar estão inclusos no pacote do hotel do evento, assim como uma confraternização.

Palco do festival, Curitibanos fica a menos de 100 quilômetros de Lages. É lá onde a Ambev implementou, em 2020, o Projeto Hildegranda com a proposta de fomentar o cultivo de lúpulo no Brasil. A companhia criou uma lavoura experimental na região e busca apoiar pequenos produtores. E dois rótulos com o lúpulo local foram lançados no ano passado.

 

De acordo com Baierle, a recente instalação da Ambev em Lages deu um grande sinal ao mercado e acabou atraindo o interesse de muitos investidores na produção do lúpulo. E o projeto cresceu com a demanda da cervejaria.

“Depois de ver a demanda por consultoria agronômica para lúpulo, comecei a ajudar outras pessoas a cultivar seu lúpulo para consumo ou comercialmente. E hoje tenho uma das maiores plantações do Brasil e presto consultoria em todo o país”, completa Baierle.

No fim de 2019, durante o Beer Summit, o próprio engenheiro agrônomo disse acreditar que o Brasil poderá se tornar um exportador de lúpulo. “Nossas lavouras já conseguem boa produtividade e devemos lembrar que em alguns lugares já temos até duas safras por região. Então, a nossa produtividade está parecida com a dos gringos. Precisamos agora aumentar a escala de produção”, afirmou Baierle à época.

Confira a programação do 1º Festival da Colheita do Lúpulo:

13/02 – Sábado
10h às 12h – Recepção na fazenda com frutas e chope
12h às 15h – Almoço na fazenda
15h30 às 18h30 – Workshop Lúpulo sobre Produção
20h à 0h – Confraternização na Green Fall Skate Park para toda a família

14/02 – Domingo
9h às 12h – Workshop Lúpulo sobre Colheita e Beneficiamento e mesa-redonda sobre mercado com Duan Ceola, da Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM), Jonas Dalagnol, da Lupulândia, Natanael Lahnel, do Lúpulo Gaúcho, e Stefano Gomes Kretzer, consultor para o Ministério da Agricultura
12h às 15h – Almoço na fazenda
15h30 às 18h30 – Visita à plantação de lúpulo
19h às 22h – Jantar na fazenda com música ao vivo

15/02 – Segunda-feira
8h às 10h – Colheita do lúpulo
10h30 às 16h30 – Brassagem coletiva com lúpulo fresco
12h às 15h – Almoço na fazenda com música ao vivo
16h30 – Trilha pela floresta onde ficam os macacos Bugio
19h – Jantar de encerramento

Leia também:
Rota da linguiça chega ao municípios do Vale Europeu de SC.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp