14/02/2021 às 09h21min - Atualizada em 14/02/2021 às 09h21min

Conhecida por camarote, Brahma leva desfiles marcantes do carnaval à TV

Guia da Cerveja - Papo Sabor
Foto: Divulgação

O período do carnaval de 2021 vai ficar marcado pela nostalgia, em função da impossibilidade de se festejar nas ruas e avenidas. E, sempre associada aos desfiles das escolas de samba, especialmente em função do seu icônico camarote, a Brahma reforçará esse cenário ao apoiar e patrocinar a TV Globo na transmissão do Desfile Nº1 Brahma, com a exibição de momentos históricos das escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo para entreter as pessoas dentro das casas durante a pandemia.

Assim, ainda que com a Marquês de Sapucaí e o Sambódromo do Anhembi vazios, um pouco do clima que marca os dias de carnaval nesses locais poderá ser vivenciado a partir da TV, em uma forma de compensar a ausência dos desfiles das escolas de samba, que não deixavam de ocorrer desde 1932. E, para dar um clima de disputa para a transmissão, haverá uma votação popular para definir o melhor desfile entre os transmitidos de cada estado. A escolha será através da internet.

“A Brahma e o carnaval são inseparáveis. A cervejaria engarrafou seu primeiro chope por causa do carnaval. A primeira fábrica da cervejaria era na Sapucaí. Por isso, para estimular as pessoas a ficarem em casa nesse carnaval, decidimos levar a programação do nosso famoso Camarote Brahma para a casa dos consumidores. Uma marca com uma trajetória dessas precisava ter um papel importante no resgate da alegria dessa festa logo no ano mais difícil da história do carnaval”, afirma Gustavo Castro, diretor de marketing de Brahma.

A transmissão da TV Globo acontecerá nas madrugadas de sábado e de domingo. Serão 28 desfiles – 14 por dia – marcantes do carnaval. A escolha foi feita por curadores especializados, que tiveram o apoio das ligas organizadoras do carnaval e das escolas de samba. Já a apresentação do programa será realizada pelo ator Ailton Graça e pelo carnavalesco Milton Cunha.

Outras ações
Além de apoiar a transmissão dos desfiles de carnaval, a Brahma realizará sorteio de convites para o seu camarote na Marquês de Sapucaí para o carnaval de 2022. E a marca da Ambev ainda preparou lives especiais para o período, com transmissão direto do Anhembi.

Por fim, a Brahma vai promover combinações únicas, de artistas que nunca cantaram juntos: Zeca Pagodinho com a dupla Zé Neto & Cristiano; e Matheus e Kauan com Os Barões da Pisadinha. As lives serão transmitidas no Multishow e no YouTube do canal e dos artistas, sábado, das 20h30 às 23h, e no domingo, das 14h às 17h.

Confira os desfiles que serão reexibidos pela Globo:

Rio de Janeiro
Acadêmicos do Salgueiro (1993) – “Peguei um Ita no Norte”
Mocidade Independente de Padre Miguel (1990) – “Vira Virou, a Mocidade Chegou”
Unidos do Viradouro (1998) – “Orfeu – O Negro do Carnaval”
Beija-Flor (1989) – “Ratos e Urubus, Larguem a Minha Fantasia”
Portela (2017) – “Quem Nunca Sentiu o Corpo Arrepiar ao Ver Esse Rio Passar”
Unidos da Tijuca (2010) – “É Segredo”
Imperatriz Leopoldinense (1989) – “Liberdade! Liberdade! Abra as Asas Sobre Nós”
Estação Primeira de Mangueira (2016) – “Maria Bethânia, a Menina dos Olhos de Oyá”
Unidos de Vila Isabel (1988) – “Kizomba, Festa da Raça”
Mocidade Independente de Padre Miguel (1985) – “Ziriguidum 2001”
Beija-Flor (2011) – “A Simplicidade de um Rei”
Acadêmicos do Grande Rio (2017) – “Ivete do Rio ao Rio”
Unidos do Viradouro (2020) – “Viradouro de Alma Lavada”
Império Serrano (2004 – reedição do samba de 1964) – “Aquarela Brasileira”

São Paulo
Águia de Ouro (2020) – “O poder do saber”
Mancha Verde (2019) – “Oxalá salve a princesa”
Mocidade Alegre (2014) – “Andar Com Fé Eu Vou… Que a Fé Não Costuma Falhar”
Acadêmicos do Tatuapé (2018) – “Maranhão: Os Tambores Vão Ecoar Na Terra da Encantaria”
Unidos de Vila Maria (2017) – “Aparecida – a rainha do Brasil – 300 anos de amor e fé no coração do povo brasileiro”
Dragões da Real (2017) – “Dragões canta Asa Branca”
Rosas de Ouro (2005) – “Mar de Rosas”
Tom Maior (2009) – “Uma nova Angola se abre para o mundo. Em nome da paz, Martinho da Vila canta a liberdade”
Império de Casa Verde (2005) – “Brasil, se Deus é por nós, quem será contra nós”
Barroca Zona Sul (2020) – “Benguela, a Barroca clama a ti, Teresa”
Gaviões da Fiel (2003) – “Cinco deusas encantadas na corte do rei”
Colorado do Bras (2019) – “Hakuna Matata, isso é viver”
Vai-Vai (2008) – “Vai-Vai Acorda Brasil”
Acadêmicos do Tucuruvi (2011) – “O Xente, o que seria da gente sem essa gente, São Paulo, a capital do Nordeste”


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp