26/02/2021 às 21h43min - Atualizada em 26/02/2021 às 21h43min

A História dos Food Trucks

Food Truck é um modelo de negócios que vem ficando cada vez mais popular no Brasil, mas que já existe há muito tempo.

Brasil Food Trucks - Papo Sabor
Foto: Divulgação
 No entanto, nem todo mundo conhece a história dos food trucks.

Afinal, como era um food truck em tempos passados, comparado com o que é agora? Esse tipo de informação dá uma noção de como esse mercado chegou em tal ponto. E isso pode parar até no velho oeste!

Então, interessado em saber qual a história dos food trucks? Prossiga com a leitura do artigo e entenda mais sobre esse universo!

O que é um food truck?

Muito da história dos food trucks, e comidas de rua em geral, remonta aos tempos do Velho Oeste. De cozinhas adaptadas às carroças, eram feitas para alimentar os trabalhadores que construíam as ferrovias.

Por isso, era frequentemente atrelado a classe trabalhadora – e isso se expandiu para diversas subclasses: jornalistas, operários de fábrica, empreiteiros em grandes arranha-céus, entre outros.

A gourmetização do food truck – e sua consequentemente febre – começou a tomar forma em 2008. E isso adquiriu corpo por um detalhe: era muito custoso e burocrático abrir um restaurante.

Foto:Divulgação

E foi isso que tornou o food truck uma opção viável para iniciar a carreira gastronômica, com o Kogi BBQ sendo creditado como pioneiro dessa leva. E se popularizou ainda mais através das redes sociais.
 
Qual a história dos Food Trucks?

Como dito antes, os Food Trucks remontam do Velho Oeste, mais especificamente, de 1866. Charles Goodnight, fazendeiro famoso no Texas, deixou nesse ano o legado que aqui estamos falando sobre: o food truck original.
 
Tratava-se de um vagão de mandril, uma carroça que funcionava como cozinha portátil onde carregou gado na primeira viagem. Era uma viagem muito longa, não sendo possível utilizar o transporte ferroviário.
 
No entanto, Goodnight utilizou de um vagão velho, construindo prateleiras, espaços de armazenamento e uma tampa articulada para o balcão. Isso e mais algumas coisas para montar a cozinha portátil que queria, carregando junto sua comida preservada: feijão, carne, entre outros.
 
Após essa criação se disseminar pelo país, começou a ter sua própria revolução industrial em vários pontos na história:
 
1872: criado o primeiro truck estável por Walter Scott, buscando lucrar entre a classe trabalhadora. Cortou as janelas de um vagão coberto e estacionou em frente ao escritório de um jornal em Providence;

1894: fornecedores de salsicha começam a surgir ao redor do campus da Ivy League Universities;
1936: Oscar Mayer lança o primeiro carrinho portátil de cachorro-quente, o modelo clássico para muitos;
1950: nasce o caminhão de sorvete, com os carrinhos de comida começando a se tornarem cada vez mais populares.
1970: os caminhões de taco se tornam populares com o aumento de imigrantes mexicanos.

No entanto, os Food Trucks ainda não tinham assumido o estilo moderno que conhecemos hoje em dia.
 
A virada de jogo e a revolução tecnológica na história dos Food Trucks
A comida de rua continua sendo apenas comida de rua. No entanto, as comidas começaram a se tornar mais sofisticadas e a clientela também. O food truck começava a se tornar uma opção moderna para qualquer tipo de público.
 
E o boom já citado foi o Kogi BBQ, que estabeleceu alguns pontos importantes para o sucesso de um food truck: a locomoção, sua comida diferente e o uso das mídias sociais.
 
Foi esse o marco que “modernizou” o conceito do que é um food truck. E a tecnologia fez esse conceito avançar ainda mais com os aplicativos de comida de rua, além de programas de TV.
 
Através da tecnologia dos smartphones, o empreendedor começou a ficar mais próximo do público, divulgando pontos de venda ou oferecendo seu cardápio digital.
 
A história do food truck é marcada por uma constante evolução em seu conceito, sobre o que é um food truck. E continua constantemente evoluindo com seu público.

Foto:Divulgação
 
A história dos Food Trucks no Brasil

Já no Brasil, os food trucks virem com força em meados de 2015, houve um boom que trouxe grandes nomes que até hoje permanecem no mercado, como por exemplo o Buzina Food Truck, Holy Pasta, Mocotó Aqui, Box da Fruta, entre outros. No entanto como o mercado ficou aquecido na época, também teve muita gente sem conhecimento e experiência na gastronomia que se aventurou no meio, o que acabou prostituindo um pouco o mercado e queimando um pouco o conceito.
 
Nos dias atuais, é possível encontrar de tudo no mercado, cabe ao cliente refinar seu olhar e buscar o melhor Food Truck para comer.
 
Dessa forma, acabou adquirindo não só popularidade, como também respeito e reconhecimento, entrando até dentro da lei. Trata-se de um jeito rápido e fácil para se alimentar, com um bom espaço para criatividade na cozinha.
Foto: Divulgação
 
E além de comuns pela cidade, também se tornaram populares em grandes eventos culturais. E pode ser visto das mais inúmeras formas: bicicletas ou veículos motorizados, de gastronomia sofisticada ao clássico junk food ou no bom e velho jargão paulista: Baixa Gastronomia.


Aguardem vem mais Food truck aqui no PAPO....

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp