01/03/2021 às 14h10min - Atualizada em 01/03/2021 às 14h10min

Epagri edita livro sobre Indicação Geográfica de Vinhos de Altitude de SC

A obra oferece ao setor produtivo as informações e o conhecimento científico necessários para a construção da Indicação Geográfica Vinhos de Altitude de Santa Catarina.

Epagri - Papo Sabor
Foto: Divulgação
 

Os interessados em conhecer a região catarinense produtora de vinhos finos de altitude sob uma perspectiva técnico-científica podem fazê-lo ao ler o livro “Vinhos de Altitude de Santa Catarina: caracterização da região produtora, indicadores e instrumentos para proposição de uma indicação geográfica”.

A obra é resultado do trabalho Epagri em parceria com a Embrapa Uva e Vinho e com a UFSC, e oferece ao setor produtivo as informações e o conhecimento científico necessários para a construção da Indicação Geográfica Vinhos de Altitude de Santa Catarina.

O livro está dividido em 12 capítulos, que trazem um panorama da primeira década da vitivinicultura de altitude (2009 a 2019) e do processo de delimitação da região produtora; apresentam a caracterização climática,  dos solos, das paisagens naturais e dos principais aspectos socioeconômicos da região produtora que a diferenciam das demais que produzem vinhos finos no Brasil; descrevem o padrão de desenvolvimento da videira em função das peculiaridades climáticas e paisagísticas da região de altitude; apresentam as principais variedades de videiras e o potencial enológico para a região;  expõem as leveduras utilizadas na transformação do mosto em vinho como partes fundamentais da qualidade final dos vinhos de altitude; e exibem os aspectos físico-químicos e sensoriais que representam a qualidade dos vinhos finos de altitude de SC e os elementos do caderno de especificações técnicas e do sistema de controle para a estruturação da indicação de procedência vinhos finos de altitude de SC, que são os principais instrumentos regulatórios para a garantia da qualidade dos vinhos de IG.

A obra foi organizada pelos pesquisadores Cristina Pandolfo e Fernando Luiz Novaes Vianna, e prefaciada pelo pesquisador Hamilton Vieira Justino, todos da Epagri/Ciram. Os capítulos foram redigidos e revisados por uma equipe multidisciplinar composta por 33 pesquisadores e técnicos das áreas de agronomia, ciências biológicas, economia, enologia, farmácia, geografia, meteorologia e química.

A publicação do livro foi possível com apoio do Sebrae, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) e da Associação Vinhos de Altitude – Produtores Associados de Santa Catarina. A obra está disponível para livre download no site da Epagri. 
Informações para a imprensa: Gisele Dias, jornalista, fone (48) 99989-2992. 

No vídeo a seguir, confira o início do trabalho da Epagri/Ciram para a caracterização das regiões catarinenses onde a vitivinicultura de altitude está inserida.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp