23/04/2021 às 10h37min - Atualizada em 23/04/2021 às 10h37min

24 de abril, dia oficial do Churrasco!

Como é bom reunir a família amigos e preparar um bom churrasco, não é mesmo?

- Papo Sabor
Foto divulgação


Considerada uma das refeições mais antigas da história da humanidade, o churrasco ganhou um dia especial e por este motivo preparamos algumas dicas preciosas para você caprichar na carne e trazer a alegria do churrasco para sua casa.
 
Ouse nos temperos! 
O sal grosso é o principal tempero utilizado nos churrascos brasileiros – e você provavelmente sabe disso muito bem. Entretanto, é possível ousar um pouco mais e explorar outros temperos que podem dar muito certo nas suas carnes.
Nas peças de fraldinha, por exemplo, o sal pode ser combinado com o tomilho, com azeite de oliva ou até mesmo com a manteiga para deixa-la mais saborosa. É importante sempre se lembrar de colocar o sal primeiro na carne, esperar um tempo para que ele seja absorvido, para depois acrescentar os outros ingredientes.
Pode ser interessante também misturar o sal grosso com um pouco de ervas secas – como sal de aipo, alho e ervas – para dar mais sabor à sua carne.
 
Lembre-se somente que é preciso ter um pouquinho de atenção na hora de salgar as peças ao fazer um churrasco:
 
Adicionar o sal somente no momento de grelhar as carnes (para não perder a suculência);
Evitar o excesso de sal em carnes já fatiadas (já que elas absorvem o conteúdo mais facilmente).
 
Capriche nos acompanhamentos, mas lembre que a estrela da vez é a carne. Os acompanhamentos não devem disputar sabor com as carnes servidas, por isso recomendamos os tradicionais: arroz, farofa, salada de maionese, pão, entre outros carboidratos que podem se fazer presentes na ocasião. 
Vá além do convencional. Frutas e legumes grelhados ficam deliciosos e servem tanto como acompanhamentos, quanto como deliciosas sobremesas. Frutas como o tradicional abacaxi, bananas e mangas ficam muito bem grelhadas, assim como pimentões, berinjelas e abobrinhas também.
Acerte no carvão, Um detalhe muito importante do seu planejamento ao fazer um churrasco é o momento de acender o carvão. Para que ele esteja pronto para grelhar suas carnes é preciso de, no mínimo, uma hora de contato dele com o fogo. Quando o carvão ganhar uma coloração branca – ou cinza clara – é sinal de que a brasa está pronta para receber a carne.
 
Use a técnica certa para assar as peças. O segredo do sucesso ao fazer um churrasco é saber explorar bem as técnicas de grelha das carnes. Dessa forma, é possível garantir a maciez, suculência e sabor das peças.
De maneira geral, é ideal colocar as carnes bem próximas da brasa do carvão por um período bem curto – de 5 a 15 minutos. Assim elas vão selar a superfície e evitar que seu interior resseque durante o preparo. Para quem gosta de uma carne mal passada, esse inclusive pode ser o ponto ideal de alguns cortes.
 
Para carnes mais grossas ou mais bem passadas, é necessário transferir as peças seladas para um espaço na grelha mais distante do fogo. Assim ela vai grelhar de maneira homogênea.
 
Um cuidado importante que devemos ter no preparo é com as labaredas de fogo, causadas geralmente por gotas de gordura que podem pingar na brasa durante o aquecimento da carne. Nunca jogue água para apagá-las. Prefira sempre jogar cinzas de um churrasco anterior ou um pouco de areia para conter a altura do fogo e não perder a brasa.

Foto:divugação
 
Lembre-se! Um bom churrasco conta com as carnes certas para esse tipo de preparo. Garanta que na sua lista de compras não falte pelo menos um dos tipos de carne abaixo:
 
Picanha;
Maminha;
Fraldinha;
Frango;
Miolo de alcatra;
Contrafilé;
Costela de boi;
Linguiça;

E ai conta pra gente qual vai ser do churras na sua casa?
#paposabor #paponabrasa 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp