20/05/2021 às 10h38min - Atualizada em 20/05/2021 às 10h38min

Cuidados com a cerveja artesanal: 3 dicas para conservar a sua bebida

- Papo Sabor
Centralbrew.com.br
Foto/;divulgação


A produção de uma cerveja artesanal demora. Não é como uma receita de bolo, que você prepara a massa, coloca para assar e em poucos minutos está pronto. Fazer uma cerveja artesanal é um processo químico, que conta com diversas etapas.

Tanto esforço não pode ser perdido pela falta de cuidado com o armazenamento, não é mesmo? Por isso, preparamos este conteúdo. Neste texto, listamos algumas dicas que vão te ajudar a conservar melhor a sua bebida. Veja 3 cuidados com a cerveja artesanal!

3 cuidados com a cerveja artesanal que vão te ajudar a conservar sua bebida
Apesar de não parecer, as cervejas são bebidas frágeis, que devem ser consumidas frescas. Os rótulos produzidos industrialmente contam com substâncias que aumentam a conservação da bebida, mas em casa, buscamos produzir uma cerveja mais artesanal possível. Com isso, sua fragilidade aumenta.

 

Cuidados com a temperatura;


A temperatura pode causar diversas reações químicas na cerveja e a sua elevação torna o processo mais rápido. Por exemplo, uma temperatura alta combinada com outros elementos naturalmente oxidantes, pode deixar sua cerveja com gosto de papelão.

Os efeitos da temperatura estimulam o desenvolvimento de bactérias e fungos que se proliferam mais rápido no calor, prejudicando a cerveja e a sua saúde.

Esses problemas podem ser evitados se você mantiver sua cerveja refrigerada. Alguns especialistas recomendam que a refrigeração seja em 12° e outros em 8°. Se não for possível monitorar essa temperatura, mantenha a bebida na geladeira, mas fora do congelador.

 

Cuidados com a luz/


A luz é um problema para a cerveja porque interage negativamente com alguns componentes da bebida, como por exemplo o lúpulo.

O lúpulo é responsável por introduzir elementos que proporcionam aroma, sabor, amargor entre outras características na bebida. Um desses elementos é o humulona, que quando é isomerizado na fervura do mosto se transforma em isohumulona.

As humulonas são frágeis a luz. Quando recebem os raios ultravioletas se quebram, formando o 3-methylbut-2-ene-1-thiol. Esse componente acaba deixando a bebida com um aroma desagradável, de cerveja estragada. Dessa forma, temos um off-flavor chamado lightstruck, que apresenta aroma parecido com o do enxofre.

Para evitar isso, a cerveja não pode ter contato direto com a luz. Por isso, o uso de garrafas na cor âmbar são as mais comuns do que as verdes e transparentes, por exemplo. Esse tom bloqueia a incidência de luminosidade, mas não totalmente. Latas e barris são os melhores bloqueadores de luz para a sua cerveja.

 

Cuidado com a posição de armazenamento


A posição em que a cerveja é armazenada pode manter ou prejudicar seu sabor e aroma original. Os recipientes devem ser armazenados sempre em pé. Se a sua cerveja está armazenada em garrafas, o contato com a tampa pode acelerar a oxidação da bebida (uma ação que pode causar aroma de papelão molhado na cerveja). Quando a garrafa é armazenada na posição horizontal, sua exposição ao oxigênio é maior.

Além disso, se a tampa da garrafa não for nova ou estiver com ferrugem, o sabor pode passar para a cerveja. No caso da tampa de rolha, o contato do líquido com esse material pode dissolver a resina da rolha e alterar o sabor da cerveja.

Se na hora da produção você não faz a filtragem ou fez a refermentação na garrafa, ao manter a garrafa de pé, as leveduras vão descer para o fundo do recipiente e facilitar o descarte dessas substâncias. Por isso, sempre armazene sua garrafa de cerveja na vertical.

Leia também...


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp