30/09/2021 às 15h50min - Atualizada em 30/09/2021 às 15h50min

Ponto da carne de porco: Perdigão explica como preparar a proteína no churrasco.

Por meio da linha Na Brasa, a marca traz dicas para os consumidores em seção especial de seu site

- Papo Sabor
Perdigão
Foto:divulgação


Você sabia que a carne suína, diferente do que muitos pensam, não precisa ser servida bem passada? Para manter toda a sua suculência e sabor, é recomendado que ela seja servida ao ponto e Perdigão Na Brasa, linha expert em cortes para churrasco, traz dicas sobre como preparar essa proteína tão querida pelos brasileiros.

 

Pode-se dizer que a carne de porco atingiu o ponto ideal quando o seu meio estiver levemente rosado. Entretanto, o ponto também pode variar conforme o gosto de cada consumidor. A recomendação apenas é que o cozinheiro ou churrasqueiro fique atento com o tempo de cocção (que pode variar de acordo com cada corte), pois alguns minutos a mais podem fazer com que a carne passe do ponto desejado. Além do tempo, atentar-se à temperatura também fará toda a diferença. Para não ter erro, veja a temperatura ideal para cada ponto: mal passado: 62°C a 65°C / mal para bem passado: 65°C a 68°C / ao ponto: 68°C a 72°C / ao ponto para mais: acima de 72°C.

 

Selagem e Papel Alumínio: dois grandes aliados.
 

Muito importante no processo de preparo da carne suína, a selagem pode ajudar a "segurar" o suco da carne, fazendo com que ela mantenha a sua suculência quando levada ao forno ou, até mesmo, à churrasqueira. Funciona assim: pegue a peça suína (inteira) de sua escolha e, em uma frigideira com azeite e manteiga, deixe dourar cada lado por 3 minutos, no máximo. Esse processo, por meio da caramelização da parte externa, garantirá a suculência da peça.

 

Além disso, envolver a carne em papel alumínio durante a cocção também ajudará a preservar as suas características. Mas vale lembrar que nos últimos 15 minutos de forno, é válido tirar o papel alumínio e deixar a carne dourar mais um pouco. Espere alguns minutos para fatiar a peça e, dessa forma, ela irá se restabelecer e manter todo o seu sabor e suculência. 

 

A regra é: faça do jeito que você gosta.
 

Para colocar em prática as dicas, Perdigão sugere três receitas que vão deixar o churrasco ainda mais saboroso: copa lombo com molho de maracujá; picanha suína com creme de gorgonzola e pêssegos; e hambúrguer de costela suína.

Vale ressaltar que a maneira de preparo irá influenciar diretamente no sabor e na suculência da peça escolhida, mas no fim, o que importa é cozinhar da sua forma preferida e aproveitar os alimentos.

Para conferir outras dicas e receitas, basta acessar o
site.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://paposabor.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp